Canela de velho: Para que essa planta serve?

November 5, 2018

 

 A canela de velho, ou Miconia albicans, é uma planta medicinal muito utilizada para tratar problemas nas articulações como a artrose, a artrite e a artrite reumatoide. Além disso, seus efeitos curativos também ajudam a tratar problemas na coluna e nos ossos. Saiba mais sobre essa planta poderosa e como ela pode melhorar a sua saúde.

 

 

Para quem é indicada a canela de velho

 

A canela de velho é o nome popular de uma espécie do gênero Micónia, que abrange mais de 1000 espécies. A mais comum destas espécies é a Miconia Albicans, a verdadeira canela de velho. Esta planta é muito comum especialmente na região do Cerrado e da Mata Atlântica, mas pode ser encontrada em todo Brasil.

 

Por ser rica em ácido ursólico e ácido oleanólico, possui efeitos analgésicos e anti-inflamatórios. Essas substâncias também ajudam no bom funcionamento do fígado.

Por conta de suas propriedades, a canela de velho é uma planta medicinal de grande utilidade para o tratamento de problemas nas articulações. Sua principal indicação é para diminuir as dores e inflamações relacionadas à artrite, artrite reumatoide, reumatismo gotoso, bursite, luxações e torceduras.

 

O que nem todos sabem é que esta planta também é indicada para tratamento de dores e problemas na coluna, como a hérnia de disco. Tem também propriedades que ajudam quem sofre de diabetes, já que controla a glicemia e ajuda na produção de insulina.

 

Além de todos estes benefícios, a canela de velho tem ação antioxidante e bactericida. Isso significa que combate os radicais livres do organismo, substâncias que causam o envelhecimento celular e prejudicam o bom funcionamento do sistema imunológico.

Alguns estudos também demonstraram a eficácia da canela de velho para o tratamento da candidíase, por meio dos banhos de assento com a planta.

 

 

Como identificar a planta?

 

Existem muitas dúvidas sobre qual planta é a verdadeira canela de velho, já que existem mais de 1000 espécies de plantas do gênero Micónia. Muitas pessoas acabam consumindo plantas que não são a verdadeira Miconia albicans, o que faz com que o tratamento não seja eficaz.

 

Por isso, é importante estar atento a algumas dicas para encontrar esta planta com facilidade. A primeira delas é observar o verso da folha. A verdadeira canela de velho tem o verso branco, diferente de outras espécies. Outra característica fundamental pode ser observada em suas flores.

As flores desta planta são pequenas e possuem pontinhas vermelhas (como mostramos na imagem ao lado). Já em relação aos frutos, estes são sempre verdes quando estão maduros.

 

Antes de amadurecer, possuem uma coloração próxima do roxo.

Uma das formas possíveis de consumo da planta é o chá com suas folhas. Basta ferver meio litro de água para três colheres de folhas picadas e tomar ao longo do dia. Ao contrário do que muitas pessoas divulgam, a planta não faz mal à saúde, desde que se respeite a dosagem correta.

 

A canela de velho pode ainda ser utilizada em conjunto com a erva-baleeira e a erva-de-São-João para potencializar seus efeitos curativos.

 

Para saber mais sobre a canela de velho e aprender a identificar a planta assista ao nosso vídeo no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=TnWPZYt9GR8

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags