5 receitas com plantas medicinais que auxiliam na digestão

Utilizar plantas medicinais no tratamento de problemas de saúde é um hábito que atravessa gerações. Com certeza você já deve ter comprovado a eficácia dessas ervas em algum momento de sua vida, especialmente através de amigos e familiares.

 

Inclusive, um dos principais motivos que fazem com que as pessoas procurem plantas medicinais é por causa de problemas digestivos. É alguma comida que caiu mal no estômago ou acabou comendo em excesso, não importa o motivo. No final ficamos passando mal e nos rendendo aos benefícios dessas ervas. Mas quais plantas são as mais indicadas para auxiliar na digestão? Confira abaixo:

 

 

5 melhores plantas e receitas para auxiliar na digestão
 

 

Camomila: também conhecida como Chamomilla recutita, essa planta é uma das mais tradicionais quando falamos em ervas medicinais. É capaz de regularizar a função digestiva, sendo muito indicada para casos de dores no estômago e para combater diarreia. Os extratos de camomila possuem propriedades capazes de reduzir a acidez estomacal e ainda cicatrizar úlceras decorrentes de problemas gástricos.

 

A forma mais comum de consumir a camomila é através do chá, que é super fácil de fazer. Coloque 200ml de água filtrada para ferver e, assim que entrar em ebulição, coloque uma colher de sopa de flores da camomila fresca ou seca e abafe o recipiente por uns cinco minutos. Coe e beba logo em seguida.

 

Existem diversas outras propriedades da camomila que vão além de ajudar na digestão. Nesse vídeo  você descobre todos os benefícios dessa planta: https://www.youtube.com/watch?v=x73gGi_Q6cQ

 

 

 

Hortelã: A mentha piperita é uma das plantas mais completas quando falamos em digestão e qualquer problema envolvendo o estômago. Além de ser digestiva, ainda reduz os gases intestinais. É um excelente remédio contra vermes, como a giárdia e lombrigas, e age ainda como analgésico em casos de dores no estômago.

Você pode consumir as folhas frescas, acrescentando em receitas, sucos de frutas, salada e muito mais. E pode ainda fazer um chá, no qual deve separar uma colher de sopa das folhas de hortelã e acrescentar em 200ml de água quente. Abafe por aproximadamente cinco minutos, coe e beba.

E se quer conhecer outros usos medicinais da hortelã, confira um vídeo bem objetivo sobre como você pode curar vários sintomas com essa planta: https://www.youtube.com/watch?v=fikymKSESVg

 

 

Alecrim: A Baccharis dracuntifolia ou Baccharis unicella possui substâncias que protegem a parede do estômago e ainda aceleram o processo digestivo. Também é conhecido como Vassoura do Campo ou Vassourinha. Os extratos ainda podem prevenir úlceras gástricas, e quem já sofre desse mal pode usar o Alecrim para auxiliar na cicatrização e reduzir o suco gástrico.

 

Para consumir essa planta, você pode usá-la como tempero para carnes ou ainda apostar em um chá. Basta esquentar 200ml de água e acrescentar uma colher de sopa do alecrim. Abafe o recipiente e aguarde cinco minutos, coando e bebendo em seguida.

 

E nesse vídeo você pode conhecer outras propriedades do Alecrim: https://www.youtube.com/watch?v=x4t0nl31-HA

 

 

Alfavacão: O Ocimum gratissimum é capaz não só de proporcionar uma digestão melhor, como também eliminar gases intestinais, entre outros benefícios.

 

A forma mais eficaz de consumir essa planta é através do chá: você deve esquentar 200ml de água e, quando estiver quente, acrescentar uma colher de sopa de Alfavacão. Apague o fogo, abafe o recipiente por dez minutos, coe e beba.

 

Você pode conferir todas as propriedades e formas de usar o Alfavacão nesse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=WsPmc8rpXAg&t=21s

 

 

Melissa: A Lippia alba é linda, cheia de ramos e flores. Além da beleza, essa planta com aparência delicada é capaz de auxiliar na digestão e ainda proteger o estômago contra úlceras. Comeu algo que não fez bem e está sentindo dores? As propriedades analgésicas e anti-inflamatórias ajudam você a se recuperar melhor.

 

Para usufruir dos benefícios da Melissa, você deve colocar uma colher da planta seca em uma xícara de água fervendo. Deixe repousar por cinco minutos, coe e beba. Caso escolha usar a planta fresca, um ramo é necessário para essa medida de água.

 

E nesse vídeo você vai conhecer outras propriedades interessantes da Melissa: https://www.youtube.com/watch?v=Y7o9XqBWwdg

 

 

Qual a melhor forma de consumir essas plantas?

 

 

Agora que você já sabe quais as melhores ervas para auxiliar na digestão, deve estar com dúvidas sobre como consumi-las.

 

O chá é uma das maneiras mais usadas por quem utiliza plantas para fins medicinais. Além disso, priorize as plantas ao invés dos saquinhos vendidos no mercado. A planta, fresca ou seca, possui mais propriedades conservadas do que os saquinhos de chá prontos.

 

Mas, independentemente de qual seja a forma como você vai consumir, saiba que os benefícios das plantas são enormes tanto para curar determinados problemas, quanto para a prevenção de outros.

 

Se você ficou curiosa(o) e deseja conhecer mais sobre o assunto, se inscreva no nosso canal no YouTube e veja tudo o que a natureza oferece para você: https://www.youtube.com/channel/UC2N2qKL2TApqR-eqlU1AECQ

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags