UMA VIDA SEXUAL SAUDÁVEL: CONHEÇA OS PRINCIPAIS DISTÚRBIOS LIGADOS A SEXUALIDADE E SAIBA COMO AS PLANTAS PODEM AJUDAR A TRATÁ-LOS

UMA VIDA SEXUAL SAUDÁVEL: CONHEÇA OS PRINCIPAIS DISTÚRBIOS LIGADOS A SEXUALIDADE E SAIBA COMO AS PLANTAS PODEM AJUDAR A TRATÁ-LOS

October 30, 2017

  

 

   A sexualidade é um universo muito importante das nossas vidas. Quando a satisfação sexual não é plena, muitos outros aspectos do nosso cotidiano podem ficar defasados. Existem dezenas de fatores que podem afetar o desempenho sexual das pessoas. Condições emocionais como depressão e ansiedade, sedentarismo, vícios como o tabagismo, hábitos alimentares, problemas hormonais, dentre outros.

Quando a vida sexual está comprometida, a autoestima e os relacionamentos também são prejudicados. Abaixo trazemos uma seleção dos principais problemas ligados à sexualidade e como as plantas medicinais podem ajudar a tratar esses distúrbios:

 

Ejaculação precoce

 

   Existem pesquisas que relatam que 1 em cada 4 homens brasileiros são afetados com o distúrbio. A ejaculação precoce é caracterizada pela inabilidade em retardar a ejaculação, ou seja, o homem ejacula mais rápido do que o normal.  O tempo médio pra se alcançar a ejaculação é de 5 minutos. Caso ela aconteça dentro de 1 minuto, já pode ser caracterizada como ejaculação precoce.  Em algumas vezes, o homem pode chegar ao ápice, mesmo que a penetração não ocorra. O mínimo estímulo como um simples toque no órgão reprodutor, pode fazê-lo chegar ao orgasmo. Quando acontece em situações isoladas, a ejaculação precoce não representa um problema. Ela só passa a ser motivo de preocupação quando ocorre com bastante frequência. Em 80% dos casos, essa condição é influenciada por fatores emocionais como ansiedade, por exemplo. A ejaculação precoce pode inspirar problemas sérios de autoestima e impactar de forma negativa os relacionamentos. Na maioria das vezes pode levar a depressão.

 

 

Como as plantas podem ajudar: a Damiana, uma planta ornamental muito comum em jardins, tem propriedades estimulantes e afrodisíacas. O chá das folhas pode ajudar a melhorar o desempenho sexual no prazo de 2 horas.  Outra recomendação é o extrato seco em cápsulas de Tribulus terrestres, que além de trazer vitalidade, também é um poderoso tônus muscular do assoalho pélvico. Entretanto, segundo as normas da ANVISA, a Tribulus Terrestres é uma espécie que só pode ser adquirida sob prescrição médica.

 

Disfunção erétil

 

Na disfunção erétil, o homem não consegue manter a ereção ou ela não dura o tempo suficiente pra completar a relação sexual. Geralmente está associada a homens com mais de 40 anos.  Segundo um estudo apresentado em Bruxelas (Bélgica) durante o Congresso das Sociedades Europeia e Internacional da Medicina Sexual, a disfunção erétil afeta mais de 150 milhões de homens em todo o mundo e em mais da metade dos casos, é causada por doenças crônicas, como diabetes e obesidade. Assim como no caso da ejaculação precoce, em circunstâncias ocasionais, a disfunção erétil não apresenta problemas. Ela só pode afetar a vida do individuo, a partir do momento que acontece em todas as relações sexuais. A disfunção erétil também afetar relações conjugais e interferir diretamente no estado emocional.

Como as plantas podem ajudar: a maca peruana pode ser encontrada em capsulas ou em pó, que pode ser utilizado como um complemento a alimentação. Ela é considerada um viagra vegetal e aumenta o desejo sexual. O consumo de 1.500 a 3.000 mg ao dia, já tem um impacto considerável no desempenho sexual.

 

Anorgasmia feminina e inibição sexual generalizada

 

A anorgasmia feminina é uma condição em que a mulher não consegue atingir o orgasmo e a inibição sexual generalizada é o resultado de problemas de excitação durante o ato sexual. Esses distúrbios podem ser influenciados por fatores emocionais, hormonais e até mesmo sócio-cultuais, já que existe uma cultura muito grande de repressão sexual em torno das mulheres.

Como as plantas podem ajudar: o chá das folhas de artemísia é estimulante e tem um forte impacto no desejo sexual feminino. Quando a causa dos distúrbios envolverem fundo emocional, a Valeriana (cuja as capsulas podem ser facilmente encontradas em farmácias de manipulação e lojas de produtos naturais) é um ótimo ansiolítico e calmante. Mas cuidado, o uso dessa planta não é recomendado para quem sofre de hipotensão.

 

Ausência de libido

 

A ausência de libido é representada pela falta de desejo sexual. Isso não representa nenhuma falha orgânica ou disfunção no organismo e sim uma baixa na vontade de fazer sexo. Que pode ser desencadeada por inúmeros fatores como uma rotina estressante, a dinâmica de relação com o parceiro, desequilíbrios hormonais podem levar ao quadro.

Como as plantas podem ajudar: o pó de guaraná é um poderoso estimulante do sistema nervoso central que pode ajudar a aumentar a libido. O Ginseng também é um poderoso energético e vitalizante e traz uma melhora em todas as funções orgânicas.

 

Compulsão por sexo

 

Quando uma pessoa passa um longo período da sua vida a procura de experiências sexuais, pensando ou fantasiando com o ato constantemente, a ponto de não conseguir se concentrar nas tarefas mais simples do cotidiano, aí está um caso de compulsão por sexo. Nessa condição, gera-se uma situação de dependência, assim como no caso de pessoas viciadas em jogos de azar ou drogas, em que o bem-estar do individuo fica comprometido. A masturbação também torna-se um habito frequente, em alguns casos as genitálias podem ser machucadas com o excesso de estímulos ao qual são submetidas.

Como as plantas podem ajudar: o chá das folhas da planta Erva Moura , popularmente refutada como anafrodisíaca, tem ação narcótica, depressora do sistema nervoso central, facilitadora do sono que podem ajudar a reduzir o desejo sexual. No entanto,  é preciso consumir com moderação, por conta da presença de alcaloides, substancias que podem ser tóxicas. Por isso, a planta deve ser consumida sempre sob cozimento (decocção) e em doses moderadas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags