PROBLEMAS COM ACNE?


A acne é uma condição da pele em que as glândulas sebáceas ficam inflamadas, geralmente por conta de uma obstrução causada pelo excesso de sebo e o acumulo de células mortas. O cenário é perfeito para a colonização de bactérias. A inflamação acaba se tornando uma consequência natural e se manifesta com o desenvolvimento de espinhas.


O problema é bastante comum em adolescentes devido ao aumento da produção de hormônios. Em especial a testosterona (por isso, a acne é bem mais comum em pessoas do sexo masculino) que impele as glândulas sebáceas a produzirem mais sebo, deixando a pele mais oleosa e suscetível a esse tipo de lesões. No entanto, pessoas em idade adulta também podem ser afetadas.


As áreas mais afetadas do corpo pela acne são o rosto, pescoço, peito, costas e ombros. Nessas regiões, existe irritação e dor. A acne também pode influenciar no equilíbrio emocional de quem sofre com o transtorno, já que pode deixar cicatrizes muitas vezes irreversíveis.


Existem vários de tipos de acne. Dentre elas, a acne do recém-nascido que pode afetar 20% dos recém-nascidos e que pode ser causada por conta dos hormônios passados a eles através da placenta e a acne infantil, que afeta bebês entre três e 16 meses de idade, as crianças podem desenvolver cravos e espinhas, que desaparecem naturalmente antes que completem três anos de idade e não deixam cicatrizes. Outros exemplos são a acne vulgar (a mais comum, aparece em adolescentes e adultos na faixa dos trinta anos), a acne cística (afeta 40 % dos adolescentes e representa uma forma mais grave e mais difícil de ser tratada, pois nessa variedade existe o aparecimento de espinhas grandes na parte interna da pele) e a acne fulminante (que comumente afeta rapazes adolescentes com um crescimento rápido e em grande quantidade de espinhas em regiões como o peito e as costas desencadeando dores musculares, febre e cicatrizes graves).


Alguns cuidados podem ser tomados para ajudar a prevenir a acne: manter a pele sempre limpa e higienizada, consumir alimentos ricos em fibras e gorduras saudáveis, manter-se hidratado. O Omêga 3 é um ácido graxo essencial e tem ação antioxidante, assim como vitaminas E e C, que ajudam a regenerar a pele e prevenir cicatrizes.


Agora se você já sofre com acne, a natureza também pode te ajudar, pois existem plantas medicinais que tem o potencial de auxiliar no tratamento das espinhas. O chá delas pode ser usado para lavar a pele e tem ação adstringente, anti-finflamatória, antimicrobiana e cicatrizante. São elas, a casca da árvore do Barbatimão, as folhas da goiabeira, folhas da aroeira-vermelha e as cascas do tronco do cajueiro. Uma outra opção é o chá do açafrão, também chamado de cúrcuma, que pode ser ingerido. Seus rizomas são ricos em curcumina, substância que combate com eficiência inflamações dermatológicas.


Embora a acne não represente nenhuma ameaça do ponto de vista médico, é preciso estar sempre atento, em especial casos como a acne cística e fulminante, que demandam cuidados mais específicos. Vale lembrar também que o uso de plantas medicinais deve ser feito com responsabilidade e segurança, com a identificação correta da planta e da parte a ser utilizada, além da dosagem adequada a cada pessoa.

1,166 visualizações
  • Facebook ícone social
  • Google+ ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social

Deixe as Plantas Medicinais trabalharem a seu favor!!

IDEALIZADORES
Ana Paula dos Santos
Caraguatatuba-SP
Daniel Forjaz
  • telegram-icone-icon
  • Facebook - Círculo Branco
  • Google+ - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle